Porto Luanda

Sobre o Porto

O Porto de Luanda E.P é uma empresa pública de grande dimensão, dotada de personalidade jurídica, autonomia e poder administrativo, financeiro e patrimonial. De acordo com o decreto n° 26/98 de 14 de agosto que aprova o estatuto orgânico do porto de luanda, a empresa possui como órgãos sociais um conselho de administração (órgão de gestão), um conselho fiscal (fiscalizador da actividade) e um conselho consultivo (órgão de consulta e informação).

Força de Trabalho

Na Administração do Porto de Luanda funcionam aproximadamente 400 colaboradores, ao passo que nos cinco terminais portuários estão empregados aproximadamente 4000 trabalhadores.

Competências do Conselho de Administração

Ao Conselho de Administração da Empresa Portuária de Luanda cabe a elaboração e aprovação, bem como a implementação da política comercial, económica, financeira e operacional do Porto.

Conselho fiscal

O Conselho Fiscal é o órgão de fiscalização e acompanhamento da actividade financeira, económica e legal da empresa. É composto por três membros, sendo um presidente e dois vogais, nomeados por despacho conjunto dos ministros dos Transportes e das Finanças. É o instrumento efectivo através do qual o Ministério das Finanças exerce a sua competência como órgão de supervisão.

Conselho Consultivo

O Conselho Consultivo é um órgão de informação e consulta. É presidido pelo Presidente do Conselho de Administração do Porto de Luanda e integra representantes do Instituto Marítimo Portuário de Angola (IMPA), Alfândega, Conselho Nacional de Carregadores, Governo da Província de Luanda, agentes de navegação, transitários, despachantes oficiais, importadores e exportadores. Inclui ainda os concessionários dos terminais e de operações portuárias, além de entidades convidadas.

Conselho de Administração


                              

Alberto António Bengue

Presidente do Conselho de Administração

Sansão Domingos Pitra

Administrador

João manuel de oliveira barradas

Administrador não Executivo

Felisbela Maria da Costa P. Francisco

Administradora

Justino José Fernandes

Administrador não Executivo

José Mário da Silva

Administrador

Manuel Francisco Zangui

Administrador



Missão

Planear, gerir, regular, fiscalizar e promover o Porto de Luanda garantindo a segurança de pessoas e bens, a sustentabilidade económica, social e ambiental e a oferta de serviços e infraestruturas capazes de responder as necessidades da província e do país.

Card image cap

Visão

Tornar o Porto de Luanda cada vez mais eficiente, competitivo e seguro, contribuindo para o crescimento económico e social de Angola.

Card image cap

Valores

Ética, compromisso, aprendizagem, segurança e meio ambiente, responsabilidade social.

Card image cap

Acção Social

A Empresa portuária de luanda preocupa-se com o bem-estar dos seus trabalhadores e da comunidade em que está inserida. Imbuída deste ideal, desenvolve acções que têm resultado na melhoria da qualidade de vida dos seus colaboradores e familiares e no bem-estar das comunidades.

Prova disto é que, desde 2002, a empresa portuária de luanda facilita, através de diferentes projectos habitacionais, a aquisição por parte dos seus trabalhadores de moradias. Graças a este esforço, muitos dos seus colaboradores poderão realizar o tão almejado sonho da casa própria. Acrescido a isso, o Porto desde 2013 tem actuado como fiador dos seus colaboradores que pretendam aceder aos créditos bancário, por força do acordo existente entre a empresa e o banco Sol.

A par dos seus trabalhadores, o porto é sensível também às preocupações da comunidade. Por este facto, além de apoios pontuais prestados, quando a situação financeira assim o permite, assiste regularmente algumas instituições de entre as quais se destacam a capela santa Bárbara, arcebispado da nossa senhora da nazaré (S. Paulo), Centro de acolhimento el Bethel e a associação das crianças abandonadas. .